Skip to content

Fanzineiros do Século Passado

22/02/2011

Está no ar a primeira parte do documentário Fanzineiros do Século Passado que foi lançado no último dia 12 no 1º Ugra Zine Fest em São Paulo. O documentário (idealizado, coordenado e dirigido por Márcio Sno) conta um pouco sobre a rede social analógica que se constituiu em torno dos fanzineiros e também sobre o processo de produção destas publicações alternativas, amadoras e independentes, e sua distribuição via correio.
Um registro interessante da cultura marginal.
Esta é a primeira parte do documentário e as gravações para a segunda parte já estão sendo realizadas.

Aqui você pode assistir, na íntegra:

SE NINGUÉM FAZ, FAÇAMOS!

Pesquisar, digitar, recortar, colar, diagramar, copiar, montar, dobrar, distribuir. Isso pode parecer algo muito simples quando se tem por perto um computador conectado à internet e uma impressora.
Porém, até a metade da década de 1990 para realizar essa tarefa era necessário ter alguns contatos, máquina de escrever, lápis, canetinha, tesoura, cola, dinheiro, grampeador, tempo e muita força de vontade. As redes eram formadas via carta e o processo era muito lento, mas nem por isso pouco energético.
Assim era a vida dos Fanzineiros do Século Passado, que faziam de tudo – até burlar as leis – para fazer circular uma determinada informação. Simplesmente por estarem fartos de tudo que era padronizado, não ficaram apenasobservando e engolindo tudo que aparecia: eles foram lá e fizeram.


Fanzineiros do Século Passado
Capítulo 1: As dificuldades para botar o bloco na rua e a rede social analógica
Idealizado, coordenado e dirigido por MÁRCIO SNO
Câmeras: MÁRCIO SNO e PATRÍCIA AMITRANO
Assistente de Gravação: CALVIN KONNO
Edição: MÁRCIO SNO
Trilha Sonora: POINDEXTER
Digital – Colorido – Widescreem
Duração: 31’14
São Paulo, Brasil – 2011

Anúncios
6 Comentários leave one →
  1. 22/02/2011 17:49

    MASSA, MEU VELHO!
    VALEU PELA GRANDE FORÇA!
    TAMO JUNTO!!!
    ABRAÇOS,
    SNO

  2. 28/02/2011 15:43

    curti muito, quase nao sabia nada sobre fanzine mas agora estou muito interessada em conhecer melhor.

  3. 28/02/2011 16:47

    Bettina!
    Tamo aí, é só perguntar!
    Grande abraço!

  4. Ioneide Santos do nascimento permalink
    15/03/2011 23:46

    Muito bom o material.è um documento histórico.Parabéns pela iniciativa e pelo resultado final.

Trackbacks

  1. Zinescópio no Ragga Drops (Jornal Estado de Minas) « |zinescópio|
  2. Zinescópio no Ragga Drops (Jornal Estado de Minas) : Universo Insônia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: